Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

O sonho comanda a vida...

Uma música que nos inspira... 

 

 

Pedra Filosofal

  

Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.

 

eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.

 

Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

pára-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra-som, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.

 

Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.

 

In Movimento Perpétuo, 1956

 

sinto-me:
publicado por alberproject às 18:40
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Acessos para deficientes

De momento, estamos a analisar os acessos para os deficientes na nossa vila. Posteriormente, apresentaremos as conclusões obtidas.

 

sinto-me:
publicado por alberproject às 12:50
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Albersapinha de Primavera

                 

sinto-me:
publicado por alberproject às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Avaliação do segundo período

Tal como foi solicitado pela comissão organizadora do Concurso Cidades Criativas, aqui dispomos as nossas classificações à disciplina de Área de Projecto, relativas ao 2º período:

      Ana Constança - 17

      Fábio André - 16

      Joana Campos - 18

      Mário Oliveira - 16

      Sara Almeida - 18

sinto-me:
publicado por alberproject às 12:16
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

As ideias seleccionadas

Depois de uma reflexão crítica das ideias recolhidas ao longo dos períodos que já passaram, optámos então por seleccionar as mais prementes e criativas para a nossa vila:

- transformação da linha do vale do Vouga numa linha de metro de superfície de para Aveiro e Águeda;

- criação de uma casa de chá;

- implementação de acessos para deficientes;

-criação do "Clube do Sapinho"- desenvolvimento sustentável.

sinto-me:
publicado por alberproject às 13:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Lembranças oferecidas aos oradores do colóquio

          

                       

     Delfim Bismarck                                                 Rui Gomes

     Historiador                                                           Engenheiro Civil

 

            

 

     Ana Paula Diogo                                                  Eduardo Costa Ferreira

    Técnica Agrária                                                      Arquitecto

 

              

 

     Fausto Oliveira                                                     José Carlos Mota

     Engenheiro do Ambiente                                   Professor da U.A.

 

                

 

     José Manuel                                                      João Agostinho Pereira

     Presidente da Escola                                      Presidente da Câmara

 

 

    

 

     Maria Lemos

     Professora de A.P.

 

sinto-me:
publicado por alberproject às 12:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

Fotografias do colóquio

       

 

 

      

 

 

 

tags:
publicado por alberproject às 15:56
link do post | comentar | favorito

Reflexão crítica sobre o colóquio "Pensar Albergaria... Um outro olhar!"

No passado dia 15 de Fevereiro pelas 21h00, promovemos, no Auditório das Piscinas Municipais, um colóquio subordinado ao tema Intervenção Urbana, intitulado “Pensar Albergaria… Um outro Olhar!”.

Foram convidados a apresentar o seu olhar pessoal sobre o desenvolvimento do município, sete oradores de diferentes áreas profissionais:

- O Dr. Delfim Bismarck Ferreira, historiador, com o intuito de fomentar o debate de ideias, aproveitou a sua intervenção para enumerar os aspectos negativos do Concelho. Na sua opinião, existem poucos espaços verdes e os que existem estão subaproveitados, há falta de uma política de património, demolindo-se imóveis classificados, a construção tem pouca qualidade, não existe o rasgar de novas avenidas que façam crescer uma nova cidade, é necessária uma revisão urgente do PDM, não há museus, não há biblioteca com condições próprias, há falta de política cultural e desportiva, não há plano estratégico, existe pouco aproveitamento do turismo e do património natural e cultural local, a zona industrial precisa de um novo fôlego e falta segurança e assistência aos cidadãos.

- Eduardo Costa Ferreira, arquitecto, referiu que existiam alguns condicionalismos e restrições naturais em termos de planeamento, mas que era possível transformar zonas vazias em parques e jardins e criar espaços de encontro onde as pessoas gostassem de estar.

- Ana Paula Diogo, Engenheira Agrária, elegeu a Quinta de Torreão como um local que, na sua opinião, tem sido subaproveitado e tem grande potencial para actividades de recreio. Apresentou a todos os presentes os locais de lazer requalificados pela autarquia.

- Rui Gomes, engenheiro civil, optou por destacar a importância da rede viária e a necessidade de criar acessos rápidos aos locais mais importantes da Vila, tendo dado exemplos do que se tem feito, até agora, no Município.

- Uma proposta diferente sugeriu Fausto Oliveira, engenheiro do ambiente. Preocupado com a falta de consciência cívica/ ambiental de muitas pessoas, o orador decidiu deixar um desafio aos jovens, para a criação de um grupo de sensibilização da população, para que Albergaria pudesse ser um concelho amigo do ambiente. Propôs a criação do Clube do Sapinho – um embrião que falta fazer nascer…

- A última intervenção da noite esteve a cargo de João Agostinho Pereira, presidente da Câmara Municipal. Apesar de reconhecer que ainda havia muito a fazer, discordou da afirmação de que Albergaria-a-Velha não tinha plano estratégico e enumerou os três eixos que o norteiam: consolidação do dinamismo empresarial, potenciação da localização geográfica e valorização do património natural. Citou vários exemplos de projectos desenvolvidos até agora, desde os cursos de especialização tecnológica à modernização do comércio, passando pela criação de vários espaços de lazer, o presidente da autarquia Albergariense afirmou que o Concelho tinha uma boa imagem e era um pólo de atracção de pessoas e empresas de outros lugares. Até a estação do TGV está programada para se vir a localizar neste concelho…

 

Este evento foi bastante proveitoso para o desenrolar do nosso projecto, permitindo-nos ter ouvido várias perspectivas para o mesmo local: a nossa vila.

Como o traçar de novas ideias e a dinamização de novos espaços, foi pena que a política local se tivesse sobreposto às metas que havíamos traçado para este colóquio. No entanto, talvez possamos colher em termos de reflexão crítica também deste colóquio, aquilo em que não tínhamos pensado. Vimos fazer política e como cidadãos, cada vez nos parece mais que é urgente intervir…

 

 

 

 

 

 

 

tags:
publicado por alberproject às 15:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Dia de S. Valentim...

 

 

                             

sinto-me:
publicado por alberproject às 12:28
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2008

“Pensar Albergaria… Um outro olhar!”

No próximo dia 15 de Fevereiro (sexta-feira), pelas 21h00, vamos organizar no Auditório das Piscinas Municipais de Albergaria-a-Velha, um colóquio intitulado “Pensar Albergaria… Um outro olhar!”.

 

São convidados a intervir o:

 

Presidente da Câmara Municipal – Prof. João Agostinho Pereira

Arqto.  Eduardo Costa Ferreira

Engº. Rui Gomes

Engª. Ana Paula Diogo

Engº. Fausto Oliveira

Dr. Delfim Bismarck Ferreira

Dr. Alberto Cravo

Moderador: Dr. José Carlos Mota

 

Está na hora de todos nós pensarmos Albergaria com um olhar crítico. É a hora certa para darem a vossa opinião.

 

 

 

 

                                                                Contamos convosco,

 

                                                                                        Alberproject

 

sinto-me:
tags:
publicado por alberproject às 16:53
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

CCC on the road

No passado dia 30 de Janeiro (quarta-feira), pelas 14h00, participámos no CCC on the road no Departamento de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de Aveiro.

Nesta sessão tivemos oportunidade de apresentar e discutir o trabalho por nós desenvolvido. Demos também a conhecer o que tencionamos fazer seguidamente e recebemos algumas sugestões da parte da organização.

Este encontro foi bastante proveitoso e construtivo para nós!

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por alberproject às 14:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Planificaçao do projecto

Até ao momento fizemos uma análise histórica e uma reflexão crítica da vila:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1º Período

 

Outubro

 

- Escolha do tema a tratar ao longo do ano;

- Criação do blogue.

 

 

 

 

 

 

Novembro

 

- Manutenção do blog (apresentação do grupo, apresentação da vila);

 - Avaliação/ reflexão crítica da vila;

 - Identificação do potencial urbano (análise dos espaços verdes, 

zonas de lazer, acessos para deficientes, zonas de perigo público, espaços culturais;

- Publicação de uma notícia no jornal local alusivo ao projecto em que estamos inseridos. 

 

 

Dezembro

 

-Elaboração do relatório final alusivo ao 1º período.

 

 

Vamos, agora, fazer uma análise dos dados recolhidos de acordo com a seguinte planificaçao:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2º Período

 

 

Janeiro

 

-Tratamento e análise de todos os dados recolhidos, bem como as sugestões dadas pela comunidade albergariense.  

 

 

 

 

 

 

Fevereiro

 

-Posteriormente à análise das deficiências ao nível de estrutura estudaremos através da análise do PDM locais possíveis à implementação de espaços verdes, zonas de lazer, etc;

-Realização de uma palestra com vista a discutir aspectos acerca da nossa vila, analisada sob o ponto de vista de um artista, de um arquitecto, de um engenheiro, um ambientalista, um economista...

 

 

Março

 

-Apresentação de propostas inovadoras e criativas para a qualificação e valorização da vila.

 

 

 

 

 

 

 

 

3º Período

 

Março

 

-Apresentação de propostas inovadoras e criativas para a qualificação e valorização da vila.

 

 

Abril

 

-Início da produção do poster e relatório. 

 

 

Maio

 

- Continuação e conclusão da elaboração do poster e relatórios finais.

 

 

  

Junho

 

- Apresentação do trabalho final à comunidade local e aos membros organizadores do projecto “Cidades Criativas”, através de uma exposição interactiva.

 

sinto-me:
publicado por alberproject às 15:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

Albersapinha

Seguindo a sugestão da professora da disciplina decidimos criar uma sapinha, a namorada do Albersapo, criado pelo grupo Albercultura, sendo o fruto desta relação uma mudança na nossa vila.

Esta sapinha vai sofrer algumas alterações ao longo do ano, conforme as estações ou datas que consideremos relevantes.

 

 

O capacete de obras/construção vai estar sempre presente na sapinha, pois este representa o tema que estamos a desenvolver – “Intervenção Urbana”.

Na passada época natalícia, decidimos decorá-la com azevinho e neve. A bengala de açúcar representa os doces e os ícones de natal.

publicado por alberproject às 19:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Avaliação do primeiro período

Tal como foi solicitado pela comissão organizadora do Concurso Cidades Criativas, aqui dispomos as nossas classificações à disciplina de Área de Projecto, relativas ao 1º período:

      Ana Constança - 16

      Fábio André - 14

      Joana Campos - 16

      Mário Oliveira - 14

      Sara Almeida - 16

sinto-me:
publicado por alberproject às 00:06
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

Feliz Ano Novo

                             

 

Desejamos a todos um Bom Ano de 2008

sinto-me:
publicado por alberproject às 20:26
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

No local de trabalho...

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por alberproject às 18:19
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Dezembro de 2007

Avaliação do nosso trabalho

Uma vez lançado o desafio por parte dos nossos colegas da equipa Alter Ego decidimos também avançar com a elaboração de um post de auto-avaliação.

Sabemos de antemão que proceder à avaliação do nosso próprio trabalho não será tarefa fácil, ou melhor, poderemos não ser o melhor juiz, no entanto, uma reflexão elaborada sobre o trabalho efectuado irá permitir-nos, após uma análise crítica da actual etapa do processo, comparar as acções planeadas com as realizadas e verificar se os resultados alcançados correspondem ao idealizado.

Ou seja, esta constatação do passado, ou seja, os conhecimentos que nos irá permitir criar estratégias que nos conduzirão quer à identificação de fragilidades, quer às potencialidades no sentido da obtenção de melhores resultados.

Assim, de acordo com os critérios propostos pelo projecto “Cidades Criativas”, vamos proceder à nossa auto-avaliação:

 

Descrição das actividades de forma objectiva, concentrando-se em aspectos essenciais:

Apesar de termos feito uma descrição das actividades de uma forma objectiva, focando aqueles que entendemos serem os aspectos essenciais, faltou-nos a apresentação no blogue de todas as actividades realizadas.

 

Respeito pelas referências, nomeadamente a hora, a data, local e recursos utilizados/ obtidos:

Relativamente a este ponto detectámos falhas, uma vez que não temos por hábito indicar as horas, nem fazer alusão aos recursos utilizados. No entanto, temos respeitado a indicação da data e local.

 

Inclusão de reflexões críticas, bem como comentários significativos:

Este será, em nosso entender, o ponto em que mais falhámos, dado que não temos efectuado reflexões críticas significativas, quer relativamente ao trabalho, quer às actividades de pesquisa por nós realizadas.

 

Elaboração com base na criatividade, coerência e perceptibilidade:

Consideramos que, no que se refere à parte estética do nosso trabalho, o nosso blogue revela alguma criatividade. No que se refere ao conteúdo do mesmo, a criatividade não será tão evidente, uma vez que a nossa orientação tem ido mais no sentido da procura da história de Albergaria e daqueles que entendemos serem os pontos de maior interesse da vila.

Relativamente à coerência e perceptibilidade consideramos estarem comtempladas no nosso trabalho.

 

Animação e envolvimento da comunidade no desenvolvimento dos trabalhos:

Temo-nos esforçado por envolver a comunidade no nosso projecto e esta tem-se mostrado extremamente receptiva.

Nesse sentido, e de modo a melhor dar a conhecer o nosso trabalho, publicámos, no passado dia 20 de Novembro, uma notícia no “Jornal de Albergaria”, já inserida no nosso blogue.

Entretanto, fomos convidados pelo jornal “Litoral Centro” para dar uma entrevista, a qual já aceitámos.

 

Actualização regular do blogue:

Temos desenvolvido todos os esforços no sentido de actualizar regularmente o nosso blogue, contudo, nem sempre temos conseguido.

 

 

Esta breve reflexão será uma mais valia para o desenvolvimento futuro do nosso trabalho.

Uma das capacidades do Homem é ter a capacidade de, a partir da aprendizagem obtida com o passado, poder mudar o futuro, adaptando as suas atitudes de modo a atingir os objectivos desejados.

 

Até breve e um Bom Natal.

publicado por alberproject às 00:33
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

O Natal em Albergaria...

                   Escola Básica c/ 2º ciclo de Albergaria-a-Velha

Decoração de Natal

 

         

 

 

            

 

     

 

 

Escola Secundária c/ 3º ciclo de Albergaria-a-Velha

 

O projecto "Educação para a Saúde" organizou a construção de duas árvores de Natal:

 

      

Doenças cardiovasculares                            Diabetes

Doenças respiratórias    

 

        

Sida                                                                     Cancro da mama

A pandemia do sec. XXI?

 

 

Árvore ecológica

 

          

 

 

 

                                                Albergaria-a-Velha

Rena turística na nossa vila

 

       

 

 

 

Desejamos a todos um Feliz Natal!

 

sinto-me:
tags:
publicado por alberproject às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2007

A nossa notícia já saiu no jornal...

 

Jornal de Albergaria, 20 de Novembro de 2007, nº 345, Ano XV

tags:
publicado por alberproject às 19:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

Na Semana Aberta das "Cidades Criativas"...

No passado dia 20 do presente mês, participamos numa sessão aberta das “cidades criativas” na Universidade de Aveiro, como anteriormente tínhamos referido.

Estivemos numa conversa informal e bastante produtiva com o professor José Carlos Mota, em que discutimos as potencialidades da vila de Albergaria-a-Velha evidenciando o canal fluvial do baixo Vouga e os recursos/património histórico da nossa vila.

Posteriormente à apresentação das propostas que deixámos, para uma requalificação e melhoramento da nossa vila, a equipa da Semana Aberta das “Cidades Criativas” deixou-nos também algumas sugestões de desenvolvimento deste projecto, de entre as quais, formas de manutenção do nosso blog e a sugestão de elaboração de um folheto e cartaz informativos.

O professor José Carlos Mota apreciou o nosso interesse por uma futura participação numa sessão pública da Câmara Municipal, propondo-nos também o desenvolvimento de um evento/debate informal em meados do ano lectivo, convidando algumas das principais entidades ou instituições relevantes envolvidas ou de algum modo relacionadas com esta nossa temática, de forma a dar a conhecer o trabalho por nós desenvolvido.

Para finalizar o professor J. C. Mota apelou a que corrêssemos riscos, a inovar e sermos criativos!

 

 

 

 

Alberproject

 

 

 

Planta de Albergaria-a-Velha

publicado por alberproject às 23:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Semana aberta das "Cidades Criativas"

No âmbito do concurso nacional de ideias “cidades criativas”, a SACSJP-UA e a APPLA estão a organizar uma semana aberta, na qual, amanhã, dia 20 de Novembro, vamos estar presentes com o intuito de demonstrar o projecto e as metodologias que estamos a desenvolver, através da participação em ateliers/fóruns.

                                  

Posteriormente iremos publicar fotografias e os ensinamentos que recolhermos desta acção, que esperamos, seja uma estimulante experiência.

publicado por alberproject às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Cidades Criativas no Jornal de Albergaria...

De modo a divulgar a nossa participação no concurso nacional de ideias "Cidades Criativas", enviámos para a redacção do Jornal de Albergaria, a seguinte notícia, que em breve será publicada:

 

Alberproject

 

Olhando para o futuro na perspectiva de tornar Albergaria-a-Velha um local mais agradável e atractivo para todos, decidimos aderir ao concurso nacional de ideias“ cidades criativas” implementado pela Universidade de Aveiro e pela Associação Portuguesa de Planeadores de Território (APPLA), com o apoio do Ministério da Educação (ME).

Parece-nos urgente um desenvolvimento e intervenção, a nível urbano, na nossa vila, sendo para nós indispensável uma

 

reflexão criativa e inovadora sobre Albergaria-a-Velha.

Para o desenvolvimento, com sucesso, deste projecto pedimos a colaboração da comunidade em geral na recolha de informações e sugestões de mudança (a nível urbano/social e outros…)

Este projecto de qualificação e valorização da nossa vila é um desafio da disciplina de Área de Projecto que frequentamos, inerente ao currículo do 12º ano da escola secundária de Albergaria-a-Velha.

 

 

Visite-nos, no nosso blog em www.alberproject.blogs.sapo

.pt dê a sua sugestão através do e-mail: alberproject@sapo.pt. Pode obter mais informações sobre o desenvolvimento deste projecto a nível nacional em www.cidadescriativas.blogs.

sapo.pt.

Seguros da colaboração e adesão ao projecto aguardamos a visita da comunidade albergariense.

 

 

Alberproject

tags:
publicado por alberproject às 22:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

D. Teresa e o Condado Portucalense

Quando, em finais de Abril de 1112, o conde D. Henrique  faleceu em Astorga, o governo do Condado Portucalense passou, naturalmente, para as mãos da viúva, a formosíssima infanta condessa D. Teresa, filha do gloriosíssimo imperador das Espanhas, o rei D. Afonso VI de Leão.

D. Teresa, assumiu então, o senhorio do condado, território que, com delimitação oscilante a sul, se estenderia do rio Minho até para além – Mondego e do mar até ao começo das altas serranias do interior.

 A jovem infanta, aos dotes corporais aliava coragem e arguta inteligência que lhe permitiram desempenhar papel fundamental na política regional da época, apesar dos momentos bem difíceis que teve de enfrentar. Continuou a desenvolver os objectivos do marido, buscando consolidar política e socialmente o território, promovendo o seu povoamento, envolvendo-se nas disputas do trono de Leão e Castela e defendendo as fronteiras sul, sempre indefinidas pelos ataques frequentes dos mouros.

 

"A Alma e a Gente" - Um programa da autoria do Prof. José Hermano Saraiva. Produçao RTP

 O retorno ao norte obrigava a um penoso jornadear que passava pelas terras dos Senhores do Marnel e da Feira, muitas delas obtidas como resultado da presúria, mais de em século antes.

Assim, D. Teresa ter-se-ia acolhido ao lugar de Osseloa, pertencente a Gonçalo Eriz, descendente dos Senhores do Marnel.

Após o descanso que se impunha e os caldos de galinha, continuou viagem para as “Terras de Santa Maria a que chamam Feira” e aí mandou lavrar a “Carta de Couto”  para Gonçalo Eriz, na sua villa de Osseloa, para que “de hoje em diante este Coutosirva “para uma albergaria  que vamos instituir neste lugar ao cimo da  estrada, para bem das nossas almas e das dos nossos pais e nela metamos como albergeiro a Gonçalo de Cristo (…) e lhes darás onde trabalhem (…) e se alguém (…) quiser anular este meu acto seja maldito até ao fim dos séculos (…) e todos os homens de terras do Vouga que honrarem este couto participem de boa hospitalidade (…)” E assina: “eu, Infanta D. Teresa, Rainha de Portugal que mandei passar esta carta a ti, Gonçalo Eriz, (…) de minha mão a firmei (…)”.

 

                           Carta de Osseloa

 

 

publicado por alberproject às 16:51
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Procurando Albergaria...

Localização geográfica:

O concelho de Albergaria-a-Velha fica situado na zona centro do distrito de Aveiro da Região da Beira Litoral com a área de 150.98 Km2 e abrange 8 freguesias: Alquerubim, Angeja, Branca, Frossos, Ribeira de Fráguas, São João de Loure e Valmaior.

Envolvido por seis concelhos do distrito, o concelho de Albergaria-a-Velha constitui não só um elo de ligação natural entre eles, como também entre o Norte e o Sul e entre o Leste e o Oeste neste ponto dos País. Está no termo de uma zona de transição entre o agreste interior beirão, planáltico e montanhoso, e a verdejante Beira-Mar, de terras baixas e planas, sulcadas de espraiados cursos de água e de tranquilos esteiros e braços da Ria de Aveiro.

A proximidade de centros económicos e culturais importantes, como Aveiro, Porto e Coimbra permitiu também uma valorização e desenvolvimento.

 

Dados Demográficos:

  

Distrito

Aveiro

Nº de Freguesias

8

Área

15 575 ha

Habitantes

24 638

Densidade pop.

 162 hab/km²

Índice Rendimento

 1.78%

Índice Consumo

 76.85%

 

Unidade territorial

Albergaria-a-Velha

Taxa de natalidade (2004)

9,9 (permilagem)

Taxa de Mortalidade (2004)

9,2 (permilagem)

Índice de Envelhecimento (2004)

97,3 (permilagem)

 

 

A população residente no Município de Albergaria-a-Velha, segundo resultados publicados pelos censos de 2001, distribui-se pelas freguesias da seguinte forma:

Unidade Geográfica

Total

Homens

Mulheres

CC-Albergaria-a-Velha

24638

12057

12581

FG-Albergaria-a-Velha

7421

3583

3838

FG-Alquerubim

2390

1162

1228

FG-Angeja

2320

1149

1171

FG-Branca

5500

2688

2812

FG-Frossos

964

476

488

FG-Ribeira de Fráguas

1869

918

951

FG-São João de Loure

2152

1066

1086

FG-Valmaior

2022

1015

1007

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por alberproject às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Alberproject

Olhando para o futuro na perspectiva de tornar Albergaria-a-Velha num local mais agradável e atractivo para todos; decidimos aderir ao projecto "cidades criativas", implementado pela Universidade de Aveiro.

De entre as opções que nos foram fornecidas optámos por escolher o tema "intervenção urbana", visto que nos parece urgente um desenvolvimento e intervenção a esse nível.

 

 

Fábio Ribeiro, Joana Campos, Ana Constança, Sara Almeida, Mário Oliveira

publicado por alberproject às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


.Posts recentes

. O sonho comanda a vida...

. Acessos para deficientes

. Albersapinha de Primavera

. Avaliação do segundo perí...

. As ideias seleccionadas

. Lembranças oferecidas aos...

. Fotografias do colóquio

. Reflexão crítica sobre o ...

. Dia de S. Valentim...

. “Pensar Albergaria… Um ou...

. CCC on the road

. Planificaçao do projecto

. Albersapinha

. Avaliação do primeiro per...

. Feliz Ano Novo

. No local de trabalho...

. Avaliação do nosso trabal...

. O Natal em Albergaria...

. A nossa notícia já saiu n...

. Na Semana Aberta das "Cid...

.Arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.Links

.tags

. todas as tags

.Visitas

coches
coches
blogs SAPO

.subscrever feeds